segunda-feira, 24 de março de 2014

BLUE JAY PARADE

Exposição comemorativa aos 321 anos de Curitiba

O Shopping Jardim das Américas realiza nesta terça (25), a partir das 19h30, coquetel de abertura da exposição “Blue Jay Parade”. A mostra reúne obras de 20 artistas. São eles: Ana Lectícia Mansur, Ana Müller, Aninha Sacchelli, Carla Schwab, Cecifrance Aquino, Eloir Jr., João Câncio Neto, Kézia Talisin, Luiz Felix, Márcio Prodócimo, Michelle Mosele, Mônica Pailo, Noeli Tarachuka, Raquel Frota e Ruth Mara. Há também a participação de artistas convidados: Ana Knapik, Celso Parubocz, Katia Velo, Oswaldo Fontoura Dias e Tânia Leal.

A exposição é comemorativa aos 321 anos da cidade que tem como um dos símbolos a gralha azul. A gralha azul é o principal disseminador da araucária, uma vez que, durante o outono, as gralhas estocam os pinhões para se alimentar o que contribui para sua preservação. A ave símbolo é protegida pela Lei Estadual n. 7957 de 1984.

A exposição tem a assinatura curatorial de Eloir Jr. e Kézia Talisin, com orientação de Carla Schwab. “A gralha azul faz parte da nossa história, lendas, música, a forte influência da nossa colonização européia, nossas araucárias, enfim, tudo interagiu para que cada artista fizessem a sua obra de forma livre, utilizando a gralha azul como tema central”, destacou o curador Eloir Jr. A exposição permanecerá aberta para visitação até 27 de maio de 2014.

Serviço
Exposição “Blue Jay Parade”
Local: Shopping Jardim das Américas
End.: Av. Nossa Senhora de Lourdes, 63
Bairro Jardim das Américas – Curitiba, PR
Abertura: 25 de março, às 19h30
Período de exposição: De 26 de março até 27 de maio de 2014
Horário de visitação: Horário comercial do Shopping
Entrada: Livre
Ingresso: Gratuito
Informações:  (41) 3366.5885

Artistas dos Grupos ART.CON e ÓIA NÓIS

Ana Lectícia Mansur
"As cegonhas das Araucárias" 

Ana Müller
"Curiy"

Aninha Sacchelli
"Gralha Azul"
Carla Schwab
"Blue Jay Parade I"

Carla Schwab
"Blue Jay Parade II"

Carla Schwab
"Blue Jay Parade III"

Cecifrance Aquino
"Gralha Urbana"

Eloir Jr.
"Gralha Azul Eslava"

Eloir Jr.
"Matryoszkas Gralha Azul"

João Câncio Neto
"Gralha Azul"

Kézia Talisin
"Araucária Klimtiana"

Luiz Felix
"Oi, estou aqui"

Márcio Prodócimo
"Happy Curitiba"

Michelle Mosele
"S/Título"

Mônica Pailo
"Gralha Curitibana"

Noeli Tarachuka
"Gralha Azul"

Raquel Frota
"O vôo - RF  052"

Ruth Mara
"S/Título"

Artistas Convidados
Ana Knapik
"Blue Bird"

Celso Parubocz
"Ainda há esperança"

Katia Velo
"Blue Jay"

Oswaldo Fontoura Dias
"Ciclo"

Tânia Leal
"Gralhas azuis"

Instalações Artísticas
 Kézia Talisin
Instalação artística EXTINÇÃO

Esta instalação de formato móbile representa o movimento refletido tanto na altura diferenciada em que os bastidores foram fixados quanto nos arabescos pintados sobre papel arroz e sobrepostos entre si.
Pinhões recortados em tecidos e gralhas azuis veladas em grafitagem brincam neste movimento se sobrepondo aos arabescos, tema principal da artista, produzindo uma acústica que nos remete a tambores, uma mera coincidência artística as origens indígenas da tribo dos Tindiqüeras que aqui habitavam.
Extinção, uma palavra forte e impactante, é uma advertência à preservarmos o bioma paranaense, um auxílio a gralha azul para que nossas araucárias não se tornem meras lembranças vintage.   

 Eloir Jr.
Instalação Artística: “SOM AZUL”

Composição de 17 LPs em vinil, rotulados com imagens impressas em tons sépia de Curitiba, seu povo, seus parques interagindo com a canção da Gralha Azul de autoria do Professor Inami Custódio Pinto e música do Maestro Bento Mossurunga.
Instigante canção que o artista ilustrou visualmente sob sua visão, um curitibano que ama seu habitat natural e a origem do povo paranaense.
Esta instalação artística propõe um resgate de uma vivência musical do artista em período primário (hoje ensino fundamental) e se manifesta em um convite ao público para refletir, lembrar e aguçar nossa memória auditiva e visual sobre nossas riquezas impressas nos rótulos destes vinis.
    


Momentos da Abertura da Blue Jay Parade (Vernissage)
video

Vem ver, vem conhecer, minha cidade sorriso, terra dos Pinheirais...

Vem ver, nossas riquezas, as mil e uma belezas, um paraíso no sul...

Onde Nasceu a Gralha Azul...

Com estas três primeiras frases da Canção da Gralha Azul de autoria do Professor e folclorista Inami Custódio Pinto, os artistas dos Grupos ART.CON e ÓIA NÓIS e artistas convidados, cujos grupos dirigidos por Carla Schwab, Eloir Jr. e Kézia Talisin, apresentam sua sensibilidade para comemorar com arte os 321 anos da capital Paranaense.
Uma mostra coletiva, expressiva e unida nesta temática, quase” bairrista”, em amor a capital da Terra de Guairacá, um olhar pictórico, um olhar dinâmico e de intervenções contemporâneas que homenageiam Curitiba.
Nesta união de “Pinha”, os artistas apresentam suas obras dentro de suas linguagens artísticas, não há interferência em seus estilos, somente a representação sazonal de nossa ave símbolo é o que mantém o vínculo das obras produzidas exclusivamente para o evento.
As pinturas e instalações artísticas representam nossas mil e uma belezas, a arte que é produzida no Paraná e em especial em Curitiba, uma coletânea colorida e descontraída, passeando no bidimensional pelas nossas calçadas em petit-pavet pinhão, lendas, histórias, folclore, música e a fauna tão bem representada pela nossa atriz principal, a Gralha Azul, que desfila soberba entre as nuances, sobre as bênçãos de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.
Viver em Curitiba é comemorar sempre os 321 anos e tantos outros, pois é nosso "Jardim Luz cheio de rosa, capital do Paraná"(trecho do hino de Curitiba).

CARTA DO ILMO.SR. GUSTAVO FRUET - Prefeito de Curitiba






Nenhum comentário:

Postar um comentário